segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Estrela em dose dupla vence na Copa Rural




Estrela e Stucky protagonizaram, neste domingo, uma das melhores partidas da Copa Rural. Emocionante do começo ao fim o jogo teve duas viradas. O Estrela começou impondo o seu habitual ritmo e, aproveitando-se do mando de campo, logo abriu o placar com o artilheiro Filipe. O Stucky, apresentando futebol de alto nível virou o placar com dois gols de Edson Luiz.e um de Wallace.

No segundo tempo o jogo tomou ares de decisão e o clima começou a ficar tenso, com os jogadores se estranhando em campo. O árbitro Marcos Paulo teve que ser enérgico e distribuiu cartões em uma tentativa de acalmar os ânimos. Não deu certo. O Estrela, então, aproveitou-se da instabilidade emocional dos jogadores do Stucky, que teve dois jogadores expulsos, para vencer por 6 a 4, com gols de Eduardo (2), Willian (2) e Marcos. No final o Stucky fez mais um com Wallace.

Nas outras partidas dos principais o São Pedro perdeu para o Vargem Alta por 3 gols a zero. O Santo Antonio venceu o Lumiar por 6 gols a um.

Nos aspirantes o time do Estrela venceu o Stucky pelo placar de 4 a 1, com gols de Fabiano, Igor, Rafael e Warley. O São Pedro empatou com Vargem Alta e o Santo Antonio venceu o Lumiar de goleada.

2 comentários:

Andrea disse...

Será que nós assistimos ao mesmo jogo???? O que eu vi foi uma robalheira só!!!! Me desculpe a franqueza mas esse Marcos Paulo...não é juíz nem de "rinha de galo", que gol foi aquele que ele deu sem nem ter apitado o reinício da partida apos o gol do Stucky??? É piada, né!!!! O cara ainda estava anotando o nome do jogador que havia feito o gol do Stucky...e aquele pênalti, o que foi aquilo, como pode ser classificado???????????

Paulo Toscano disse...

Andrea,

Entendo e respeito a sua opinião. Tudo isso,digo, as jogadas, o juíz, a torcida e a imprensa constroem o clima que nos leva a emoção, que só o futebol consegue promover. Convenhamos que é muito difícil apitar uma partida sem os bandeirinhas. Podemos reclamar, mas nunca agredir. Obrigado pelo comentário e gostaria de ler mais comentários seus. Grande abraço!

Paulo Toscano